Por dentro da tecnologia – RNA de interferência

17-07-2018

O RNA de interferência (ou interferente) – um processo natural que as células usam para “desligar” ou “silenciar” genes indesejados ou prejudiciais – pode ser uma ferramenta poderosa para enfrentar problemas agrícolas, como pragas e doenças.

A técnica ganhou proeminência para pesquisadores que investigam a estrutura e a função de genes importantes e tem sido usada desde o início dos anos 90 em medicina personalizada e na proteção de cultivos. Hoje, é possível utilizar a ferramenta para que agricultores tenham opções adicionais para lidar com desafios e ameaças no campo.

Utilizando o RNAi, cientistas já desenvolveram variedades agrícolas relevantes, como o tabaco sem nicotina, o amendoim não-alergênico, o café descafeinado e o milho fortificado com nutrientes, entre muitos outros. Dois produtos desenvolvidos por meio de RNAi – a maçã Arctic, que não oxida (da empresa Arctic) e a batata Innate, que não escurece (da empresa Simplot) – estão sendo comercializados em países do hemisfério norte.

Embora muito progresso já tenha sido feito, o potencial total do RNAi para a melhoria das culturas agrícolas ainda está por vir, visto que a complexidade das vias do RNAi, os mecanismos moleculares e como ele se relaciona com o desenvolvimento das plantas ainda estão sendo estudados.

No infográfico abaixo (em inglês), desenvolvido pela CropLife International, entenda melhor como funciona a técnica do RNAi e como ela se aplica na agricultura.

Fonte: The Genetic Literacy Project